Pensando na primavera, ciclo da renovação das sementeiras, da polinização, lembrei-me da citação do sábio Albert Einstein, que dizia: «Quando morrer a última abelha, restará ao homem poucos dias de vida na terra».

Nesta altura do ano, a energia, o elemento madeira corresponde ao fígado na MTC, períodos de muito trabalho, imprevistos na pressão atmosférica, exigem-se precauções para não continuarmos cansados e desanimados, ajudas naturais para nos sentirmos mais ativos e ganharmos energia, recorrendo a suplementos.

Saiba como enfrentar as alergias desta época através da Medicina Tradicional Chinesa e quais as opções anti-histamínicas naturais que não provocam sonolência. Aconselhamos a estimular a ação dos órgãos emunctórios (rins, fígados, intestinos, pele e pulmões), nutrir os olhos, dentes e cabelo, aproveitar os rebentos, frutos e vegetais da estação.

Voltamos a insistir na divulgação das termas da Curia a propósito do desconto e do incentivo que os médicos de família possam dar na prescrição dos cuidados preventivos e ressalvando ainda, devido a um lapso de audição no tratamento da entrevista, a corrigenda: onde na edição anterior se lê “hiperglicemia”, deveria ler-se “hiperuricemia” e onde se lê “hiperglicemicos”, deveria ler-se “hiperuricemicos”. 

Sugerimos o testemunho do ator Pedro Barroso e a sua experiência no Your Hotel & SPA Alcobaça e piscina termal, o passeio ao festival do contrabando em Alcoutim, uma das rotas pedonais do Algarve no Guadiana, e as termas do Gerês, em destaque nesta edição, devido às características únicas para cuidar do nosso fígado. Tudo o que se fizer em prol dos pacientes e da saúde, seja pela medicina milenar tradicional ou pela convencional, é bem-vindo e, juntas, decerto trarão mais e melhores soluções. 

Não querendo ser pessimista, mas, pelo contrário, alertando para uma maior consciência humana, termino com as palavras ancestrais do Chefe Seattle, em 1854: «A terra não pertence ao homem; o homem pertence à terra. Tudo está ligado. Tudo o que acontece à terra acontecerá aos filhos da terra. Contaminem os vossos leitos e uma noite morrerão afogados nos vossos próprios resíduos. Sabemos uma coisa que talvez o Homem Branco descubra um dia: o nosso Deus é o mesmo Deus.»

Uma Páscoa Feliz para todos com energia positiva!

Luís Filipe Freitas

Artigos Relacionados